Gato mais velho acolhe filhotinho órfão e decide ser seu pai. Confira o antes e o depois…

Um gatinho órfão foi encontrado sozinho num estacionamento. Ele estava assustado e muito magro. Não podiam deixá-lo lá, então o levaram para casa e o apresentaram ao gato deles. Mal sabiam que o gato residente assumiria o papel de pai e criaria o gatinho como fosse um filho.

- Anúncio -

Conheça Fred e Karl!

Boredpanda

O gatinho de rua tinha um mês e meio de idade quando o viram vagando sozinho no estacionamento.

Ele estava com tanto medo que só queria se esconder. Quando conseguiram pegá-lo, levaram-no para casa, mas como ele estava amedrontado, continuou procurando pela mãe, que não estava em parte nenhuma.

Karl, o gato residente de dois anos de idade, foi até o gatinho e começou a lhe dar amor. Ele começou a cuidar e confortar o pequeno, tornando-se o pai que ele nunca teve.
O pequeno Fred tentando cuidar de Karl …

Boredpanda

Instantaneamente, o gatinho começou a ronronar e relaxar. Era como se tivesse encontrado conforto que ele tanto desejava. Um vínculo muito especial começou a se formar, e os dois gatinhos se tornaram completamente inseparáveis.

Karl segurou o filho emprestado nos braços para tranquilizá-lo e mostrá-lo que ele era amado.

Boredpanda

Karl encheu o pequeno de amor e muitos banhos. Fred gostava de cada sessão de limpeza de ouvido que recebia, e isso o tornou um gatinho mais feliz.

- Anúncio -

O gatinho malhado protegia muito seu pequeno filho adotado e o criou como se fosse seu.

Boredpanda

Agora que cresceu, Fred está devolvendo o favor banhando o pai diariamente.

Karl é muito orgulhoso!

Boredpanda

Eles estão sempre um do lado do outro, como duas ervilhas em uma vagem.

Fred tem dependido de Karl desde que ele entrou em sua vida, e agora eles dependem um do outro como família.

Boredpanda

Tal pai tal filho, Karl passou adiante todos os seus truques e sua sabedoria para o filho felpudo e brincalhão.

- Anúncio -

Agora eles fazem de tudo juntos.

Boredpanda

Fred alcançou o tamanho do pai adotivo, mas no fundo ele ainda é o bebê peludo do papai. Ele aconchega-se com perto dele todos os dias, querendo um pouco de amor e carinho paternal.

Boredpanda

Karl aceitou o gatinho que estava precisando de amor e lhe deu a família que ele sempre quis.

Agora, o gatinho cresceu e está cuidando dele, curtindo cada aventura que compartilham.

Boredpanda