Gatinho órfão, encontrado no campo, chora por ajuda. Confira o antes e depois.

Uma mulher de coração amável encontrou o gatinho mais ínfimo que já havia visto e partiu em uma jornada incrível para salvá-lo.

- Anúncio -

Conheça Chili, o gato milagroso! No dia em que foi resgatado (à esquerda), 14 horas depois (à direita)

God’s Little People

Joan Bowell resgatou e cuidou de muitos gatos em uma pequena ilha grega. Numa noite, enquanto alimentava os gatos, ela ouviu alguns choros felinos pungentes, mas não havia nenhuma mamãe gato à vista, então ela decidiu rastrear de onde o som vinha.

“Apenas 10 metros adentro do campo, entre alguns bambus altos, eu vi de onde vinha o choro”. Bowell escreveu. “Um dos gatinhos infelizmente já havia morrido, e era o outro felino triste e sujo (com o olho fechado fechado por causa de uma infecção) quem estava implorando por ajuda”.

O bebe estava severamente desnutrido e fraco. Parecia que ele não comia há dias. “Eu posso estar errada, mas parecia que a mamãe gato havia desistido da situação”.

- Anúncio -

A mulher limpou os olhos do gato, para que eles pudessem finalmente abrir um pouco. Ela deu banho gentilmente no frágil bebê e tratou suas pulgas e olhos infeccionados, além de lhe dar um pouco de fórmula, já que ele estava fraco demais para beber imediatamente.

Após algumas tentativas de alimentá-lo, ela colocou o bebê em uma caixa com uma garrafa de água morna, para ajudar a fazer sua temperatura corporal voltar ao normal. “Dentro de 14 horas, os olhos deles, que estavam fechados como se tivessem sido colados, haviam aberto”.

Ele era a criatura mais esquelética que ela já tinha visto, mas Chili era forte, apesar do tamanho.

- Anúncio -
God’s Little People

Quando estava pronto, Joan o apresentou às suas novas irmãs, duas gatinhas também resgatadas, chamadas Kaneli & Vanilla, esperando que isso aumentasse seu sistema imunológico e mantivesse sua apetite, que havia aumentado durante a noite.

Anterior1 de 6