Gata idosa e faminta que se recusou a desistir encontra lar permanente!

Atenção: Algumas das imagens a seguir podem ser perturbadoras para alguns leitores.

- Anúncio -

Atualização:

Raggedy Ann encontrou sua família permanente! Uma leitora do iHeartCats viu a história dessa doce garota e soube que precisava adotá-la. A mãe de Ann deu a seguinte atualização a seus resgatadores, postada em sua página do Facebook:

Só gostaria que soubessem que ela chegou bem. Ela estava ótima no carro. Inclusive, em certo ponto, ela dormiu como uma criança no carro em movimento. Eu coloquei sua caminha em um quarto, sua caixa de areia em outro e seu arranhador na varanda dos fundos. Imaginei que assim ela poderia sentir um cheiro familiar quando começasse a perambular. Por enquanto, ela está ficando na minha lavanderia que é bem grande. Espero que até a noite ela se arrisque a sair. Pelo menos lá tem comida, água e uma caixa de areia.

Estarei em casa hoje, amanhã, terça e quarta de manhã. Isso nos dará a chance de nos conhecermos um pouco.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Obrigada a todos que compartilharam a história da Raggedy Ann. Juntos, podemos fazer a diferença!

História original:

Raggedy Ann (ou Ann, abreviado) foi salva de uma terrível situação de acumulação. No momento de sua captura, havia quarenta gatos vitimas de negligência e dois cães encontrados presos dentro de um trailer. Ann não passava de pele e ossos e, sendo uma gata mais velha, certamente não tinha a juventude a seu favor.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

A gatinha emaciada foi levada à Saving One Life em Chandler, no Arizona. Aos catorze anos, ela pesava apenas 1.4kg, e eles não tinham certeza se ela iria sobreviver. No entanto, eles se recusaram a desistir, contanto que ela continuasse a lutar por sua vida.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

O pelo emaranhado de Raggedy Ann foi raspado. Deram a ela um lar temporário com sua mãe adotiva Brianne, que se certificou de que ela estivesse confortável, não importando quanto tempo de vida ela ainda tinha. Por milagre, a gata resiliente surpreendeu a todos.

- Anúncio -
SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

“Ela é a definição de uma guerreira”, Brianne disse ao iHeartCats. “Ela nunca desistiu, então nós também não desistimos. Sabíamos que acolhê-lha era ambicioso, mas tínhamos que dar amor a ela… mesmo que por um curto período”.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Graças aos cuidados e carinho contínuos de Brianne, o frágil corpo de Ann começou a se transformar.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Ela ganhou peso (agosta está com 4.5kg!) e sua linda pelagem chita cresceu, brilhante e macia. Apesar de não ter nada a seu favor, a gatinha se superou e progrediu.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Brianne vem de uma família militar, e eles acabaram tendo que se mudar para a California. Após uma despedida cheia de lágrimas, ela entregou a gatinha para Megan, sua nova mãe adotiva.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Devido ao amor e dedicação de Brianne, Ann sobreviveu a uma provação horrível. E agora, graças a Megan, ela está aprendendo a viver num lar afetuoso e confortável, e sua linda personalidade pode brilhar!

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

“Na casa da qual foi resgatada, ela nunca teve brinquedos ou cantos elevados para escalar e explorar”, Brianne explica. “Ela e os outros mais de quarenta gatos foram deixados numa casa vazia sem nada para fazer. Então, ela aprendeu a ser um gato no abrigo”.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Apesar de longe, Brianne se mantém atualizada sobre sua antiga afiliada, e pôde nos dar informações.

- Anúncio -
SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

“Raggedy Ann está ótima agora. Ela está fazendo novos amigos e abrindo suas asas”, disse Brianne. “Ela está se encontrando com seus amigos e até com crianças. Cada dia ela aprende mais e mais que pode confiar nas pessoas”.

“O que Ann mais gosta de fazer é observar o mundo lá fora, do conforto da sua janela”, explicou Brianne. “Quando não está observando os pássaros, ela está brincando com seu ratinho ou peixe de pelúcia. Ela os carrega pela casa inteira, e conversa com eles e com você”.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

“Um sinal de que ela confia em você é quando ela te traz ratinho ou peixe de pelúcia dela. Ela logo começou a fazer isso com Megan, sua nova mãe adotiva. Megan acordou com três ratinhos de pelúcia em sua cama!”.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

É realmente incrível a distância que essa chita percorreu! Agora a única coisa que Raggedy Ann precisa é do lar perfeito! A senhora felina ficaria melhor em uma casa silenciosa, sem cães, mas com amigos felinos. Ela se dá bem com crianças mais velhas, contanto que elas a respeitem.

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Compartilhe esta história, e, juntos, vamos torcer para Raggedy Ann encontrar uma família permanente!

SAVING RAGGEDY ANN – A FOSTER STORY VIA FACEBOOK

Obrigado Brianne por nos ajudar a compartilhar a história dessa gatinha valente!

FONTEIheartcats