Fotógrafa captura retratos cheios de alma de cães aproveitando o outono.

Anne Geier, uma fotógrafa da Áustria, tem o lindo dom de capturar retratos cheios de alma de cães. Alguns de seus melhores trabalhos são criados no outono, graças às cores douradas e o clima nebuloso, que agregam uma atmosfera perfeitamente mágica, fazendo com que os retratos se sobressaiam ainda mais.

- Anúncio -

Anne Geier compartilhou sua paixão por fotografar cães, bem como algumas dicas de fotografia. “A fotografia esteve presente desde cedo, em uma parte importante de minha vida”, disse ela. “Porém, desenvolvi paixão verdadeira há cerca de 7 anos. Minha primeira cadela, Cindy, foi a razão pela qual eu comecei a aprofundar meu conhecimento em fotografia, especialmente na fotografias de cães.

Eu corri atrás de um objetivo principal – queria criar momentos de Cindy que durassem por toda a eternidade. Em agosto deste ano, eu a perdi. Perdê-la deixou um grande vazio dentro de mim. Sinto sua falta todos os dias e, agora, agradeço, mais do que nunca, por ter tirado tantas fotos diferentes dela”, compartilhou Anne.

Não deixe de ler mais da entrevista com Anne entre suas fotos deslumbrantes!

fotografa_captura_retratos_cheios_de-01

Fotografar animais pode ser bem difícil, porém, para Anne, não há nada melhor. Claro, os desafios existem: “Eu acho que a coisa mais desafiadora, na fotografia de cães, é capturar o caráter real e a alma do cão, a fim de criar uma foto cheia de vida. Portanto, envolver-se com o cão é realmente importante para criar uma foto perfeita”, compartilhou Anne, com o Bored Panda.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-02

- Anúncio -

“Cada cão tem suas próprias emoções e expressões. Alguns são caricatos, outros são muito concentrados”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-03

“Uma das minhas fotos absolutamente favoritas é a da minha cadela, Cindy (foto acima). Eu gosto muito do retrato, porque acho que é um dos mais cheios de alma que já fiz. Mostra a personalidade de Cindy de todas as formas – sua boa natureza, sua calma, sua beleza, sua lealdade e seu equilíbrio”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-04

Inspiração é muito importante para todo fotógrafo, por isso, perguntamos à Anne o que a inspira todos dias: “Na maioria das vezes, eu me inspiro no próprio cão, durante a sessão de fotos. Todo cão tem uma personalidade diferente”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-05

- Anúncio -

“Às vezes, eu também sou inspirada por paisagens diferentes. Frequentemente, enquanto estou caminhando com meu cão, Finn, eu vejo um local do qual gosto e, ao mesmo tempo, crio uma imagem completa em minha mente. Na hora, eu sei onde quero que o cão sente, sob qual clima prefiro fazer as fotos, a fim de conseguir a atmosfera que desejo, e assim por diante. Em seguida, tento fazer a foto que imaginei”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-06

“Acho que a razão principal pela qual minhas fotos são tão coloridas é que sempre tomo cuidado com as condições de iluminação. Durante dias ensolarados, eu só tiro foto no início da manhã ou ao entardecer. Somente nessas horas é que a luz é suave o suficiente para criar cores tão intensas. Eu amo tirar fotos em dias nublados, e sem nenhum sol, e amo utilizar luzes de fundo”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-07

“Tenho uma câmera de quadro total Nikon d750, uma 85mm 1.8, 35mm 1.8, 50mm 1.8, 16-35mm 4.0 e, minha favorita, a Nikkor 70 – 200 2.8, é eficiente em todos os sentidos – é rápida, nítida e versátil. Porém, quando tiro fotos com meus próprios cães, geralmente prefiro uma distância focal fixa, especialmente a 35mm 1.8. Para edição, uso o Photoshop CC”.

fotografa_captura_retratos_cheios_de-08

1
2