Esta criatura foi largada no meio de uma autoestrada movimentada – então, um motorista parou e a ajudou.

Ela só precisava de alguém que se importasse.

A autoestrada não é local para animais. Mas uma pessoa cruel largou uma cadela na Interestadual 605 da Califórnia e nunca olhou para trás. A cadelinha, que ficou de coração partido, chamava-se Fae. Ela tinha 10 anos e era cruza de Chihuahua. Ninguém sabe quanto tempo fazia que Fae estava na Interestadual.

- Anúncio -
At-Choo Foundation
At-Choo Foundation

Um homem estacionou o carro, recolheu-a e levou-a para casa. As coisas começaram a melhorar para Fae – até que a mulher do homem disse que não queria ficar com um cão doente. Fae foi deixada no Baldwin Park Animal Services. Uma voluntária de longa data do abrigo, Elaine Seamans, recebeu uma ligação no momento em que Far foi largada.

At-Choo Foundation
At-Choo Foundation

Seamans descobriu que ela havia sido encontrada na autoestrada e conheceu o homem que a encontrou. Seamans lembrou-se de que havia lágrimas nos olhos do homem, no momento em que ele largou-a. Fae estava em meu estado, principalmente a sua boca. Porém, ela conseguia comer e andar.

At-Choo Foundation
At-Choo Foundation

Seamans percebeu que Fae era uma garota velha e corajosa e arrumou-lhe o par perfeito: um homem que se autodenominava Gåtor. Ele foi até o abrigo no seu quinquagésimo aniversário e se apaixonou por Far. Seamans disse que eles pareciam a metade da laranja um do outro.

- Anúncio -
At-Choo Foundation
At-Choo Foundation

Gåtor não quis apenas dar à Fae um lar temporário; ele quis dar-lhe um lar permanente e a adotou. Então, com a ajuda da Meade Canine Rescue, Fae foi libertada do abrigo e levada para casa.

At-Choo Foundation
At-Choo Foundation

Compartilhem!