Ele sofria bullying de uma matilha de cães, mas teve a melhor vingança possível!

É triste demais encontrar um cachorro vagando por aí sem lar. Porém, encontrar um desse jeito é verdadeiramente DESOLADOR!

- Anúncio -

Uma matilha de cães se voltou contra Goldie, um Golden Retriever sem-teto, enquanto ele zanzava por uma cidade do interior do Texas. A matilha o atacou e machucou gravemente, e ninguém sabe por quê. Ele estava tão assustado que se escondeu debaixo de um trailer e NÃO queria sair. O controle de animais chegou para ajudá-lo, mas ele estava tão assustado que precisaram tirá-lo de lá à força. Pobrezinho!

Goldie foi levado ao Corsicana Animal Shelter, mas estava muito mal e realmente precisava de cuidados médicos. “Ele tinha ferimentos e cortes pelo corpo todo”, disse Stacy Silverstein ao The Dodo, cofundadora da Rescue Dogs NYC.

Voluntários locais da Rescue Dogs NYC ouviram falar de Goldie. Eles o tiraram do abrigo assim que puderam e o levaram até um veterinário emergencial. Goldie precisava de diversos pontos e antibióticos. Quem sabe se ele teria sobrevivido se os voluntários não tivessem intervido!

- Anúncio -

Goldie precisava de tempo para se recuperar. Ele passou algumas semanas convalescendo no Texas e depois foi transferido para Nova Iorque, onde levou outras duas semanas para sarar. Então, o cão machucado se transformou num animal completamente diferente. Sua pele sarou e seu pelo voltou a crescer e brilhar. E o melhor de tudo…Goldie voltou a sorrir!

Agora, tudo que Goldie precisava era de um lar permanente, porém, estranhamente, ninguém se ofereceu para adotá-lo. Então, a equipe de resgate decidiu postar uma foto de seu lindo rosto nas mídias sociais. E DEU CERTO!

Goldie foi adotado por uma amiga de um dos voluntários que haviam cuidado dele.

Sua nova mãe tem outros dois animais, um cachorro e um gato. Depois das provações que Goldie passou, ninguém tinha certeza se ele ficaria bem perto de outros animais. Eles não tinham certeza da extensão de seu trauma. MAS…

- Anúncio -

Goldie instantaneamente fez amizade com a família toda. Agora, ele também ganhou um nome novo, Dakota. Seu apelido é Dak, em homenagem ao jogador de futebol americano quarterback, Dak Prescott.

Aparentemente, se um cão com um começo tão triste, como Dakota, conseguiu ter um final feliz, então TUDO é possível.