Cães de rua salvam recém-nascida abandonada.

caes_de_rua_salvam_recem-01

- Anúncio -

PURULIA: se não fosse por quatro cães, uma bebê de sete dias não teria sobrevivido. Incapazes de fazerem muito, eles simplesmente se sentaram perto dela, espantaram os corvos e caminharam à sua volta até ela ser resgatada. Os moradores locais ficaram emocionados, e os quatro cães provaram que o ditado – cão é o melhor amigo do homem – é, de fato, válido

No sábado de manhã, o professor Ulhas Chowdhury cruzava um matagal perto de sua residência, em Pathardi Para, quando ficou surpreso ao ouvir o choro de um bebê. Ele pega essa rota porque ela é um atalho até a escola onde trabalha, a Manbhum Victoria Institution. Ele começou a procurar dentro dos arbustos e, de repente, viu quatro cães andando ao redor de algo.

Quando Chowdhury chegou ao local, viu que os quatro cães estavam protegendo uma garotinha recém-nascida, enrolada em um pano rosa claro. Ao verem o homem, eles começaram a balançar seus rabos, latiram e se sentaram perto da bebê. Logo, Chowdhury soôu o alarme na vizinhança.

- Anúncio -

Moradores locais logo correram até o local. A vizinha de Chowdhury, Parveen Sen, recolheu a bebê e deu-lhe um pouco de leite. “Ela parou de chorar após tomá-lo”, disse Chowdhury.

Curiosamente, os cães seguiram os moradores até a residência de Chowdhury, local para onde a bebê foi inicialmente levada, antes de os oficiais da delegacia de polícia, Purulia Sadar, serem informados. Os policiais, por sua vez, informaram à 24-hour Child Helpine a respeito do incidente.

A recém-nascida ficou sob a custódia deles e foi levada ao Deben Mahato Sadar Hospital, onde foi confirmado, pelos médicos, que ela tinha de sete a dez dias de vida e pesava 2.8kg. Agora, a bebê está internada no hospital, na unidade de cuidados especiais dos recém-nascidos.

- Anúncio -

 “Apesar de ela apresentar sinais de icterícia, não há nada a temer”, disse o Dr. Shibshankar Mahato.

Chowdhury deu à bebe o nome de Sania, porque ela foi resgatada em um sábado (Shanivaar). Dipankar Sarkar, coordenador de distrito do Child Helpine, disse que assim que a bebê receber alta do hospital, ela será levada para um centro de adoção estatal, em Bhatbandh.

 “Se não fosse pelos cães, a gente provavelmente teria perdido a bebê. Todos nós somos gratos a eles”, disse Chowdhury.