Cadela Ficou Ao Lado De Seu Dono Falecido Por 3 Dias. Sua Lealdade Conquistou o Coração de Uma Nova Família

Cão bom é aquele que é leal até o fim. Este foi o caso de Bear, de 12 anos, que ficou de luto por três dias após seu estimado dono, James Ringle, de 76 anos, falecer. Ela não pensou em comer, beber ou usar o banheiro. Ficou com seu dono até que ambos foram encontrados pelo sobrinho dele, que a resgatou e levou até um abrigo local.

- Anúncio -

Quando os membros da equipe do abrigo BARCS de Baltimore, Maryland (talvez você se lembre deste abrigo devido a esta história recente) recolheram Bear, eles sabiam que teriam de encontrar um lar para a lindona. Afinal, a pobrezinha passou a vida inteira sendo fiel a uma família; isto estava claro.

Cadela_Ficou_Ao_Lado_De-01

“A lealdade de Bear irá ajudá-la a conseguir um lar – estamos certos disso. Você vai se apaixonar por ela quando ouvir sua história,” diz este post no Facebook.

Muito embora a canina estava compreensivelmente confusa e inconsolável, sua personalidade amorosa brilhava em meio ao seu desespero.

“Bear é quietinha aqui dentro…Mas há uma luz que brilha nela quando ela sai para passear com nossos voluntários,”  diz o post. “Ela sorri, saltita enquanto anda, apoia-se em quem a está segurando e ama deitar no chão gelado. Bear é uma boneca.”

Cadela_Ficou_Ao_Lado_De-02

- Anúncio -

Apesar de sua história maravilhosa, poucos se interessaram por Bear durante os primeiros dias no abrigo. Mas conforme sua história começou a circular no Facebook, tudo mudou.

“O poder das mídias sociais é a minha parte favorita dessa história,” comentou Bailey Dickens, diretora de relações públicas do abrigo BARCS’, ao site People. “Ela ficou aqui por vários dias e foi ignorada pelo fato de que as pessoas queriam filhotes. Assim que postamos sua história nas redes sociais, surgiu um enorme interesse por ela.” 

Foi então que a história da fiel vira-lata chamou a atenção de Chelsea Hagerty e seu noivo Alex Cheamitru. Eles já haviam adotado um cão do abrigo BARCS anteriormente, e decidiram se candidatar para adotar Bear. No final das contas, eles foram selecionados.

Cadela_Ficou_Ao_Lado_De-03

“Eu fiquei surpresa quando nos deixaram adotá-la, pois não éramos os primeiros da lista,” disse Hagerty ao site People. “Eu fiquei muito feliz por tê-la trazido para casa…Eu percebi que ela está velhinha e cansada e não merece passar seus últimos anos em um abrigo. Ela precisa de alguém que cuide dela da mesma forma que ela cuidou de seu antigo dono.”

Agora, Bear está em sua nova casa com seus novos pais e com seu irmão canino adotivo de 2 anos. Até os nomes dos dois se encaixam perfeitamente.

- Anúncio -

“Nosso outro cão se chama Panda, e agora temos Bear*. Acredito que era pra ser,” disse Hagerty ao People.

Bear está se ajustando perfeitamente à vida com sua nova família. Afinal de contas, ela conseguiu uma nova chance de fazer o que ela faz de melhor: amar e ser leal.

“Ela é fofa e carinhosa. Ela é como uma pequena sombra. E ela ama dormir perto de nós. Ela é o resumo de tudo o que alguém pode esperar de um cão amável e fiel,” disse a nova mãe de Bear, ao contar a história.

Cadela_Ficou_Ao_Lado_De-04

Agradecimentos a esse maravilhoso casal por ter dado uma segunda chance a Bear. Nós amamos esse final feliz!

FONTEIHeartDogs