Cachorrinho brincalhão engole a colher inteira e não fica nada perturbado

Os filhotes são como bebês, já que ainda não sabem distinguir o certo do errado, e também não sabem o que devem ou não deve comer.

- Anúncio -

Este cão cruzamento de Pit bull com Labrador de oito meses, chamado Boots, comeu algo que definitivamente não deveria ter comido. Embora, na realidade, ele tenha engolido o objeto inteiro ao invés de mastigá-lo.

Christian Nunnelee

Seu dono, Christian Nunnelee, que mora em San Antonio, Texas, correu com Boots para o Hospital Veterinário de San Antonio depois que ele engoliu uma colher inteira. Sim, você leu certo. Boots conseguiu engolir uma colher de sopa inteira e não ficou nada perturbado com isso.

Boots conseguiu derrubar uma tigela de cereal do balcão. Mas, em vez de lamber o cereal como a maioria dos cães faria, ele foi direto para a colher.

- Anúncio -
Christian Nunnelee

Inicialmente, ele tentou morder a colher, mas acabou a engolindo. Nunnelee tentou retirar a colher e depois tentou a manobra de Heimlich, mas a colher já estava muito para dentro.

Mas isso não parecia incomodar Boots, que voltou a correr e brincar. Se Nunnelee não tivesse visto Boots com a colher, eles nunca saberiam que ele a engolira.

Christian Nunnelee

Os veterinários no hospital animal fizeram raios-x em Boots, o que, de fato, revelou claramente que a colher estava dentro dele!

- Anúncio -

Então, eles anestesiaram Boots e, felizmente, conseguiram tirar a colher. Os veterinários disseram que nunca haviam visto um caso como aquele, mas há sempre uma primeira vez para tudo!

Christian Nunnelee

Agora, Boots voltou para casa e está se saindo muito bem.

Filhotes, e até cães mais velhos, gostam de subir em balcões, então é importante tornar sua casa à “prova de filhotes” e observá-los de perto, assim como você faria com bebês humanos! Como proprietário responsável de um animal de estimação, é necessário fornecer um ambiente seguro para seu novo bebê peludinho. Seu filhote vai querer investigar cada quarto, armário, cabo elétrico e canto do quintal, por isso é melhor conferir se há objetos perigosos pela casa antes de permitir que seu pet ande por ela. Só assim você terá certeza de que não há nada perigoso com que eles possam interagir.