Raça de Cão > American Staffordshire Terrier

American Staffordshire Terrier

American Staffordshire Terrier

Outro(s) Nome(s)Pitbull Terrier, Amstaff, Am-staff
OrigemEUA
GrupoTerrier
SeçãoBull Terrier

Informações sobre o American Staffordshire Terrier

Afetuoso
Brincalhão
Calmo
Inteligente
Dócil
Limpo
Robusto (saúde)
Aguenta ficar sozinho
Necessidade de exercício físico
Foge
Fácil de Criar
Fácil de Treinar
Bom com Crianças
Amigável com outros animais
Apropriado para Apartamento
Primeiro Cão
Viajar
Capaz de proteger
Originalidade
Orçamento

Características físicas do American Staffordshire Terrier

O American Staffordshire Terrier é um cão de grande poder com relação ao seu tamanho. Tem o corpo bem esculpido. É muscular, mas também flexível e gracioso. A cabeça é de comprimento médio e parece ser alta se olhando por todos os lados; o crânio é largo, e a paragem é marcada. As orelhas estão posicionadas no alto da cabeça, enquanto os olhos, pretos, redondos e bem separados, estão situados na parte inferior.  As mandíbulas são fortes, especialmente a de baixo, a qual proporciona uma aderência muito boa. O focinho precisa ter uma aparência quadrada. A construção do tronco é também bastante quadrada. As patas são perfeitamente supinadas, e a cauda afina no final, fato que faz com que fique sempre pendurada em formato curvado.

Seu peso pode variar de um cão para outro, mas não é incomum encontrar fêmeas com mais de 20 quilos e machos com mais de 30 quilos.

Pelo: curto.

Cor: Todas as cores são permitidas, mas os que são completamente brancos ou que têm mais de 80% da pelagem branca não são apreciados. Azul é tolerado, e cores noir-feu ou fígado são proibidas.

Tamanho: machos podem ter entre 42.75 e 48.26cm e as fêmeas, 43.18 e 45.72cm.

Peso: de 20 a 30 kg

Origem e história

O American Staffordshire Terrier, como o nome indica, não nasceu na Grã-Bretanha, como a maioria dos terriers, mas nas colônias inglesas da América do Norte e do Canadá. Seus ancestrais são o Bull Terrier e o Blue Paul Terrier, uma raça extinta agora criada anteriormente em Glasgow, na Escócia, a partir de onde o cão se espalhou para as colônias. Na década de 1930, formaram-se duas correntes de reprodução. A primeira visava criar cães de um padrão específico, com um temperamento forte, mas bem equilibrado. O resultado foi o American Staffordshire Terrier. A segunda corrente, que procurou criar cachorros de briga, resultou em indivíduos maiores e mais agressivos, cujo soquete de mandíbula era mais forte. Esta corrente resultou no American Pit Bull Terrier, hoje reconhecida pelo American Kennel Club, mas não pela FCI.

Personalidade e Habilidades

O Amstaff, como é muitas vezes chamado por seus admiradores, é e deve continuar a ser primariamente um cão de companhia. As seleções feitas, em termos de caráter, limitaram a sua agressividade e produziram um cão muito doce. Sua agressividade certamente só se manifestará caso o cão seja estimulado por métodos cruéis de disciplina. Por causa do seu passado como lutador, pode ser bringuento com outros cães, mas é fácil de treinar enquanto jovem.

Condições de vida

Vive preferencialmente dentro de lares, porque é um cão limpo, reservado e muito tranquilo.

Saúde

Muito robusto, o Amstaff vive por muito tempo e não tem nenhuma fraqueza específica.

Expectativa média de vida: cerca de 12 anos

Dicas e Informações

É imperativo que as pessoas esqueçam dos boatos sobre determinadas raças serem de “Cães assassinos”. Os cães só se tornarão perigosos se eles forem expostos a maus treinamentos e a experiências traumáticas ou humanos cruéis. A genética deles não tem nada a ver com isso. O American Staffordshire Terrier é um cão sociável e amigável. Pode ser um bom cão de guarda, mesmo sem receber muito treinamento, pois, em caso de perigo, entra em ação espontaneamente. Pode, no entanto, ser treinado para ser muito obediente. Treinamento geralmente gera excelentes resultados devido à inteligência e natureza dócil da raça.

Artigos de American Staffordshire Terrier

Fotos de American Staffordshire Terrier

Não Deixe de Ver