Raça de Cão > Pinscher

Pinscher

Pinscher

Outro(s) Nome(s)Pinscher Médio, Mini diminuto
OrigemAlemanha
GrupoPinschers, schnauzers, Molossos, Swiss Mountain Dogs
SeçãoTipo Pinscher e Schnauzer.

Informações sobre o Pinscher

Afetuoso
Brincalhão
Calmo
Inteligente
Dócil
Limpo
Robusto (saúde)
Aguenta ficar sozinho
Necessidade de exercício físico
Foge
Fácil de Criar
Fácil de Treinar
Bom com Crianças
Amigável com outros animais
Apropriado para Apartamento
Primeiro Cão
Viajar
Capaz de proteger
Originalidade
Orçamento

Características físicas do Pinscher

Raças: a) Pinscher Médio (Tamanho de 45 a 50 cm, peso entre 14 e 20 kg); b) Pinscher Diminuto (o tamanho de 25 a 30 cm, peso entre 3 e 6 kg).

Este artigo inclui duas raças do Pinscher, diferenciadas pelo seu tamanho. Ambos apresentam a mesma variedade de cores. Eles são cães bem proporcionados, limpos e harmoniosos. O Pinscher Médio se assemelha a um mini-Dobermann. O Pinscher Miniatura nunca deve apresentar sinais de nanismo (tais como olhos salientes, occipital levantada e assim por diante). Seu tronco é geralmente tão perpendicular quanto possível. Sua cabeça é robusta e alongada, com o chanfro reto e seu stop é ligeramente perceptível. Os olhos são escuros, de tamanho médio, e ovais. As orelhas, em seu todo, ficam no alto da cabeça. Podem ter formato de “V” ou ser naturalmente eretas. Quando são cortadas, o cão as mantém em posição vertical. Alguns Zwergpinscher (Pinscher diminuto) têm orelhas não cortadas, mas que ficam eretas. As patas são perfeitamente retas. A cauda é levantada e e posicionada no alto do corpo: ela pode ser cortada na altura da terceira vértebra. Há países em que o corte é proibido.

Pelo: muito curto para ambas as raças. O Pinscher não tem subpêlo, e, portanto, não realiza a troca do pelo (perda de pelo).

Cor: cada raça possui duas variedades, podendo ser da cor vermelho sólido, ou ter a mesma cor azulada, chocolate ou fulvo do veado-vermelho. Também podem ter a cor preta com manchas ou pintas.

Tamanho: de 25 a 30 cm.

Peso: de 3 a 20 kg.

Origem e história

Os cães da raça Pinscher surgiram durante a era pré-histórica, conforme atestam os vestígios arqueológicos que datam do Neolítico. A história do Pinscher Miniatura é muito mais recente: foi criado na Alemanha durante a segunda metade do século XIX. Os padrões da raça foram escritos na Alemanha em 1895, e o primeiro Pinscher Klub foi criado no mesmo ano. Tanto o Pinscher Médio quanto Miniatura derivam do Dobermann.

Personalidade e Habilidades

Estes são cães de grande personalidade. A raça Média pode ter responsabilidades de cães de guarda, enquanto o Zwerg, devido ao seu tamanho, só pode ser um cão de estimação. No entanto, a versão “pequena” é tão vivaz como a média: não se calam por um minuto sequer, não têm medo de nada e latem com a “ferocidade” de um cão grande, mediante possíveis perigos. Ele ama brincar com as crianças e adultos. É uma figura muito engraçada, mas também capaz de entender quando deve ficar quieta para não perturbar a paz da família. Na verdade, o Pinscher Miniatura é muito fácil de treinar e ama seu dono. O Pinscher se dá muito bem com outros animais e, quando treinado, é muito bom com as crianças. O Pinscher Médio é basicamente um pequeno Dobermann, e, portanto, compartilha sua personalidade: é muito doce com a família, muito sensível, e muito desconfiado com estranhos. A raça Média é muito menos difundida do que a Miniatura, mas merece ser redescoberta, porque tem grandes qualidades temperamentais. Para treiná-lo, é necessário praticar a técnica da famosa “mão de ferro em uma luva de veludo”, ou o cão pode se tornar bastante teimoso (como todos os cães muito dominantes). Com uma personalidade igual a de um Dobermann, o Pinscher é um cão tranquilo e estável, que também serve como bom animal de estimação.

Condições de vida

O Pinscher Miniatura deve viver dentro de casa, e o Pinscher Médio pode viver no jardim.

Saúde

É uma raça muito robusta que teme, mas apenas ligeiramente, o frio e a umidade.

Expectativa média de vida: cerca de 14 anos

Dicas e Informações

Não gosta muito de outros cães, mas a criação em conjunto com outros filhotes pode levar a uma forte amizade … e também a uma forte “associação de latidos”!

Artigos de Pinscher

Fotos de Pinscher

Não Deixe de Ver