Raça de Cão > Cavalier King Charles Spaniel

Cavalier King Charles Spaniel

Cavalier King Charles Spaniel

Outro(s) Nome(s)Epagneul Cavalier King Charles, English Toy Spaniel
OrigemGrã-Bretanha
GrupoCães de estimação
SeçãoSpaniel inglês de estimação

Informações sobre o Cavalier King Charles Spaniel

Afetuoso
Brincalhão
Calmo
Inteligente
Dócil
Limpo
Robusto (saúde)
Aguenta ficar sozinho
Necessidade de exercício físico
Foge
Fácil de Criar
Fácil de Treinar
Bom com Crianças
Amigável com outros animais
Apropriado para Apartamento
Primeiro Cão
Viajar
Capaz de proteger
Originalidade
Orçamento

Características físicas do Cavalier King Charles Spaniel

Variedades: a) preto e castanho; b) rubi; c) Blenheim; d) tricolor.

O Cavalier King Charles Spaniel é um cão alegre, gracioso, bem equilibrado, desportivo e feliz. Sua cabeça é quase plana entre as orelhas, o “stop” é profundo e o focinho tem a forma de cone truncado. Seus olhos são grandes, escuros e não proeminentes. As orelhas são longas, peludas e posicionadas no alto da cabeça. O corpo é curto e bem proporcionado. A cauda pode ser cortada, mas o cão fica muito mais bonito com a cauda comprida e peluda. As patas são retas e paralelas.

Pelo: longo, sedoso e fortemente emplumado. Geralmente não é encaracolado, mas pode ser ligeiramente ondulado.

Cor: de acordo com a variedade do Spaniel, preto e castanho, rubi, com manchas marrons em um fundo branco puro (Blenheim) ou tricolor.

Tamanho: de 25 a 34 cm.

Peso: de 5.46 a 8,2 kg.

Origem e história

A raça deriva do King Charles Spaniel, que era muito mais popular do que o Cavalier. No entanto, essa tendência foi revertida, uma vez que o Cavalier apresenta menos problemas de saúde, especialmente em termos de doenças respiratórias. Era a raça de cachorro favorita de Charles II – seus detratores até alegaram que o rei preferia brincar com os cães a atender aos negócios do Estado. Apesar de toda a história, no entanto, o padrão da raça foi definido apenas em 1928.

Personalidade e Habilidades

O Cavalier King Charles Spaniel é um cão feliz, exuberante e de caráter explosivo. Está sempre em movimento e procurando por uma bola ou um brinquedo para brincar com seu dono. No entanto, sua principal característica de cão de estimação é ser capaz de acalmar-se instantaneamente ao entender que seu dono está ocupado. Nestes casos, é comum que os cães da raça se escondam, sobrando para seus  proprietários procurarem por seus esconderijos. É um cão perfeito para crianças devido à sua bondade, bom humor e energia inesgotável. Sempre influencia crianças de forma positiva, mostrando-lhes o que significa sentir a felicidade absoluta. Dentro de casa, é limpo, discreto e não late muito.

Condições de vida

De preferência dentro de casa, mas pode passar horas brincando no jardim. Não deve ser deixado sozinho pois pode perder sua vitalidade e enfraquecer. É uma raça ideal para viver ao lado dos humanos.

Saúde

Ao contrário de seu bastante delicado “primo”, o King Charles Spaniel, o Cavalier King Charles Spaniel é muito robusto, podendo viver por muito tempo, sem ter problemas particulares. No entanto, essa raça é conhecida por alguns problemas de coração hereditários e podem ter predisposição a algumas doenças. É importante saber como identificá-los e tratá-los rapidamente.

Elas incluem:

Doenças cardiovasculares:

De acordo com imagens de varreduras de CT, o tamanho do coração do Cavalier King Charles Spaniel é maior do que o de muitas outras raças.

Relata-se uma clara predisposição para MVD (uma doença degenerativa que afeta algumas das válvulas cardíacas). Essa condição existe em muitas raças, mas para o Cavalier King Charles, a doença tende a se manifestar quando o cão é mais jovem. Atualmente, há uma forte suspeita de predisposição genética a esta doença.

Dermatologia Pele e Doenças de Pele

A Dermatite de Malassezia é uma doença de pele comum em cães da raça Cavalier King Charles. Pode afetar cães de qualquer idade. A doença faz com que a pele do cão fique oleosa, fedorenta e eritematosa, principalmente no canal auditivo, nas dobras, nos lábios, espaços interdigitais (entre os dedos), na base de garras, abdômen e assim por diante.

Uma forma familiar de displasia folicular em pelos pretos também pode afetar cães da raça Cavalier King Charles. A doença é caracterizada apenas pela perda de pelos pretos. Os primeiros sinais são observados geralmente quando os cães são muito jovens (cerca de 4 semanas).

Doenças Neurológicas:

O Cavalier King Charles tem uma predisposição a várias doenças neurológicas. A mais comum certamente é a Siringomielia, também chamada de síndrome de Chiari. Os sinais clínicos geralmente aparecem quando o cão tem entre 5 meses e 3 anos. Cães que sofrem da síndrome geralmente sentem muita coceira nos ouvidos e nos ombros, e, por vezes, chegam a gritar. Posteriormente, aparecem distúrbios no aparelho locomotor. Para confirmar o diagnóstico e diferenciar a síndrome de outras doenças nervosas (como meningite, infecções de ouvido, hérnia de disco, etc.), é necessário recorrer a exames complementares (MRI, em particular).

Ortopedia e Doenças do sistema osteomuscular:

O Cavalier King Charles tem predisposição a luxações patelares hereditárias. Existem vários graus de severidade. As formas mais avançadas precisam de tratamento cirúrgico.

Pneumologia e doenças respiratórias:

Bem como muitos cães de “cara achatada”, o Cavalier King Charles está predisposto à “Síndrome das vias aéreas superiores braquicefálicas”. Os sinais clínicos mais comuns são o ronco e a dificuldade de respirar, que geralmente é agravada pela prática de exercícios ou pelo clima quente. Em fases mais avançadas da doença, correção cirúrgica, com foco em técnicas baseadas em laser, é altamente recomendada.

O conteúdo relacionado à parte médica desta página foi escrito através da gentil colaboração do hospital veterinário CHV Frégis. Mais informações sobre a saúde do Cavalier King Charles podem ser encontradas no site da frégis CHV.

A expectativa máxima de vida, segundo o frégis CHV, é de 18,5 anos.

Expectativa média de vida: cerca de 12 anos

Dicas e Informações

O Cavalier King Charles Spaniel parece ser a raça de cães mais feliz do mundo e, portanto, é o companheiro ideal àqueles que precisam de felicidade (crianças e idosos). No entanto, ele às vezes se deita e “meditar”, fazendo uma cara de triste. Reza a lenda que eles agem dessa forma quando estão pensando em seu ancestral, que foi decapitado com o Rei Charles I, que também adorava a raça.

Artigos de Cavalier King Charles Spaniel

Fotos de Cavalier King Charles Spaniel

Não Deixe de Ver