Mulher salva gatinha que nasceu com coração desprotegido e ajuda a mantê-lo em segurança..

Esta gatinha resgatada é realmente especial. Ela nasceu sem uma perna, e seu coração bate bem debaixo da sua pele e de seus pelos, mas a pequena não acha que é diferente.

- Anúncio -

Conheça Olive, a gata!

Holly Dixon

A pequena Olive chegou no abrigo municipal da Filadélfia passando muita necessidade.

A pequena, de dois meses (pesando apenas 450g), não tinha uma das penas, e eles detectaram mais uma coisa nela. “A equipe veterinária do ACCT Philly achava que ela tinha hérnia diafragmática, então ela foi ‘marcada’ (sob risco de eutanásia)”, contou Holly Dixon ao Love Meow.

Holly, voluntária e cuidadora ávida, sabia que precisava tirá-la de lá o mais rápido possível. Ela entrou em contato com a Philly Kitty Rescue (uma instituição de resgate de gatos, que não realiza sacrifícios, é dirigida por voluntários e acolhe gatos e filhotes felinos necessitados) para ver se eles gostariam de acolhê-la. Eles não hesitaram e contataram o abrigo assim que ficaram sabendo sobre a felina.

“Eu busquei Olive no abrigo no dia seguinte. Eu já acolhi muitos, muitos filhotinhos durante meus quase 10 anos de trabalho voluntário, mas eu nunca tinha visto nenhum como Olive. Ela nasceu com uma amputação congênita da perna frontal esquerda, e, quando coloquei minha mão sobre ela para erguê-la, literalmente senti seu coração batendo em meus dedos”.

Holly Dixon

“Levamos ela ao veterinário, que confirmou que seu diafragma estava intacto e ela não tinha hérnia, e foi então que nos disseram que, na realidade, ela não tem uma grande parte de seu esterno, motivo pelo qual podemos ver e sentir seu coraçãozinho batendo em seu peito”, disse Holly ao Love Meow.

- Anúncio -

A única coisa que protege o coração dela é a pele e o pelo felino macio.

Holly Dixon

Mas a pequena Olive tem estado feliz e sido amável. Dorminhoca, ela está sempre animada e adora se aninhar nos braços ou na curva do pescoço da mãe adotiva temporária. Mesmo tendo apenas 3 pernas, ela não tem dificuldades para se locomover. Para Olive, ter 3 pernas é normal.

Olive é muito brincalhona e não tem medo de absolutamente nada, então Holly fez um suéter confortável e uma placa peitoral para manter seu peito sem esterno a salvo.

Holly Dixon

“Ela é uma bola gigante de energia! Ela é incrivelmente curiosa — sempre quer participar de tudo e brincar com todo mundo”, disse Holly ao Love Meow.

“Ela ronrona assim que enxerga alguém. Ela realmente não tem medo de nada. Ela quer brincar com meus gatos maiores, mas eu não posso deixá-la por causa de seu coraçãozinho desprotegido. Ela é engraçada e me faz rir todos os dias”.

- Anúncio -
One by One Photography

A gatinha fofa merece ter uma vida maravilhosa, e eles estão determinados a ajudarem-na a chegar lá. A pequena Olive passará por uma cirurgia de reparo do esterno quando for grande o suficiente, para que seu coração possa ficar protegido e ela consiga ter uma vida normal.

“Estamos comprometidos a dar a ela uma vida plena, com essa cirurgia”.

One by One Photography

“Gostaríamos de dar à pequena Olive uma chance de ter uma vida normal. Uma vida onde ela possa correr e pular sem o risco de machucar seu coraçãozinho protegido”.

Esta gatinha corajosa pode não ter algumas partes do corpo, mas ela nunca deixa de amar a vida.

One by One Photography

Compartilhe essa história com seus amigos. Se você deseja ajudar com as despesas médicas de Olive, clique aqui para fazer uma doação. Acompanhe as novidades sobre Olive no Facebook da The Philly Kitty Rescue.

Deixe uma resposta