Mulher sai para velejar pelo mundo – mas não está sozinha em seu barco.

Mulher sair para velejar ao redor do mundo, mas logo percebe que não está sozinha em seu barco. Foi uma surpresa e tanto!

Muitas pessoas sonham em parar de trabalhar e viajar pelo mundo, mas muito poucas realmente o fazem. Afinal de contas, a vida em alto mar é solitária!

- Anúncio -

Aqueles que arriscam encontram uma vida de liberdade e aventura, mas até mesmo eles admitem que sentem falta de ter um companheiro por perto de tempos em tempos. Uma senhora “marinheira” resolveu esse problema de um jeito muito incomum.

Liz Clark é uma das poucas pessoas sortudas que conseguiu ficar em mar aberto o tempo todo, vivendo em seu veleiro. Ela teve um companheiro bem pouco convencional em sua viagem…

mulher-sai-para-velejar-pelo-01

Ao lado de Liz, em todas as suas viagens, está a sua gata Amelia, cujo apelido, Tropicat, é muito apropriado.

mulher-sai-para-velejar-pelo-02

Liz era uma garçonete na cidade de San Diego, quando, em 2006, conseguiu uma oportunidade única.

mulher-sai-para-velejar-pelo-03

Ela ganhou um veleiro Cal 40 sob a seguinte condição: teria de documentar suas viagens ao redor do mundo.

mulher-sai-para-velejar-pelo-04

Autoproclamada “mulher-pirata”, Liz aceitou a oportunidade e nunca mais olhou para trás.

mulher-sai-para-velejar-pelo-05

Então, em 2013, sua tripulação se completou quando ela resgatou e adotou Tropicat.

mulher-sai-para-velejar-pelo-06

Inicialmente, a gata estava desnutrida e não era mansa, mas Liz diz ter sido atraída pelo seu “ar imponente de leoa e por sua bravata descontraída”.

mulher-sai-para-velejar-pelo-07

Agora, Tropicat viaja com Liz por toda parte.

mulher-sai-para-velejar-pelo-08

- Anúncio -

No começo, Tropicat não estava acostumada com mar, mas não demorou muito para ela se sentir em casa.

mulher-sai-para-velejar-pelo-09

A dupla aproveita cada oportunidade de curtir suas atividades favoritas, tais como caminhadas…

mulher-sai-para-velejar-pelo-10

…pescar no barco…

mulher-sai-para-velejar-pelo-11

…e caminhar pela praia.

mulher-sai-para-velejar-pelo-12

Elas celebram os feriados juntas…

mulher-sai-para-velejar-pelo-13

…e até relaxam juntas quando podem!

mulher-sai-para-velejar-pelo-14

“Ela frequentemente precisa sair de sua zona de conforto felina, mas acho que, agora, ela entende que eu a manterei a salvo e que irá se divertir muito no final das contas”, diz Liz a respeito de sua amiga felpuda.

mulher-sai-para-velejar-pelo-15

Tropicat é a companheira de viagem ideal para Liz, que estava nervosa em deixar a família e os amigos para trás quando zarpou pela primeira vez.

mulher-sai-para-velejar-pelo-16

“Eu não sabia se seria capaz de capitanear um barco tão grande e administrar tudo que envolve uma viagem, estando isolada”, diz ela.

mulher-sai-para-velejar-pelo-17

- Anúncio -

Porém, com a amiga felina ao seu lado lado, a jornada é muito mais fácil.

mulher-sai-para-velejar-pelo-18

E Tropicat também se enquadra no estilo de vida simples que Liz leva. Embora possa conhecer o mundo, Liz não vem de uma família rica, nem tem bens mundanos.

mulher-sai-para-velejar-pelo-19

Na maioria das noites, ela dorme em um tapete de piscina, sob o céu estrelado. “Mas me sinto rica quando olho para aquele céu noturno, respiro o ar fresco do oceano e pulo no mar todas as manhãs”.

mulher-sai-para-velejar-pelo-20

Liz e Tropicat tem um vínculo comparável ao de melhores amigos humanos. Essa é uma experiência muito legal para ambas!

Compartilhe essa história com seus amigos abaixo!

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta