Cão, Cujas Pernas Foram Arrancadas, Ganha Novas Próteses e Nova Oportunidade de Vida. 

Se você acha que a crueldade com os animais é algo sério na América, imagine o quão comum é em países com poucas penalidades ou sem leis de proteção.

- Anúncio -

Cola, um filhote Tailandês, passou por um pesadelo quando tinha só nove meses de vida. Ele mordeu um par de sapatos de seu vizinho (ação típica de filhotes). Embora o dono tenha oferecido dinheiro ao vizinho para reparar o dano causado, o homem voltou com uma espada e atacou o cão, decepando suas duas patas dianteiras. (Sabe qual foi sua punição? segundo o ABC News, ele recebeu detenção de um mês pelo crime.)

O filhote começou a perder sangue devido aos ferimentos causados, e, quase morto, foi levado a uma clínica. Depois foi levado a uma instituição com mais recursos em Bangkok, onde o ajudaram a se recuperar.

Para sua sorte, Cola foi levado eventualmente a uma fundação de resgate Tailandesa chamada Soi Dog Foundation, que recondicionou o filhote de, agora, quase um ano (presumidamente um Pasto Alemão) com um novo par de pernas! Um vídeo que mostra Cola usando-as viralizou na internet, e é fácil de entender o porquê: os resgatadores mal conseguem colocar as próteses no lindão sem receberem milhões de beijos no rosto!

Dê uma olhada:

- Anúncio -

“Só um minuto, Cola!”

Pelo jeito esse lindão cheio de energia aprende rápido.

“No começo, ele usava rodas para se mover e permitir que os ferimentos sarassem apropriadamente,” comentou ao ABC John Dalley, que co-fundou a Soi Dog Foundation com a esposa Gill. “Ele se adaptou a andar com as patas traseiras no estilo canguru, porém, com as próteses, ele pode correr e brincar”.

Olha só pra ele!

Cola ganhou mais do que dois novos membros. Ele encontrou seu lar permanente junto à família Dalley! No final das contas, Gill e Cola criaram laços de amizade por terem passado por traumas parecidos: ela também teve dois membros amputados devido a uma infecção bacteriana que contraiu em 2004, durante um resgate a cães em um campo inundado.

- Anúncio -

O Sr. Dalley explicou que, apesar de trágicas, histórias como as de Cola são muito comuns na Tailândia. “Cães vítimas de ataques de facão chegam todos os dias – facões são comumente utilizados para cortar grama, então muitos cães chegam sem uma perna, mas raramente sem as duas,” disse ele na história. “Não é mais chocante para nós, infelizmente.”

Quanto a Cola, o filhotão fofo agora poderá aproveitar o resto de seus dias a salvo em seu lar. E graças ao Sr. e Sra. Dalley, milhares de cães, bem como Cola, foram resgatados, reabilitados e realocados. Que casal maravilhoso!

Se você deseja ajudar mesmo estando do outro lado do oceano, a Soi Dog Foundation facilita a adoção internacional de seus cães, por um preço razoável. Se você deseja doar e ajudar cães como o Cola, clique aqui.

FONTEIHeartDogs
COMPARTILHAR

Deixe uma resposta