Cão com nanismo desafia as expectativas

Michaelangelo Augustine, apelidado de “Mikey Gus”, é como qualquer outro pastor alemão. Bem como qualquer outro cão, ele ama brincar, explorar e se aninhar.

- Anúncio -

Ele vive em Indiana com outros dois cães, Temperance e Spartacus, e sua família humana.

Mas há algo diferente a respeito de Mikey Gus – ele é um milagre.

- Anúncio -
practicallyperfectineveryway_

Diagnosticado com nanismo quando tinha apenas 4 meses de vida, disseram à família de Mikey Gus para esperarem o pior. Os ossos da sua perna cresceram com deformidades e não esperavam que ele fosse andar, conforme crescia e ganhava peso. A expectativa de vida dos cães com essa doença é de apenas dois anos – não muito tempo. Muitas famílias certamente optariam pelo jeito mais fácil de resolver a situação, ao invés de lidarem com os efeitos negativos do nanismo, mas a família de Mike Gus não.

Quando Mikey Gus parou de andar, sua família usava um carrinho para levá-lo tomar ar e brincar. Temperance assumiu o papel de mãe dele, prestando atenção e se certificando que ele podia brincar. Eventualmente, com o amor e suporte de sua família, Mikey Gus voltou a andar e se anda por aí muito bem!

- Anúncio -

Mikey Gus mostrou várias e várias vezes que as “expectativas” negativas não estão com nada! Ele continua encantando as pessoas com seu comportamento brincalhão e determinação. Siga Mikey e sua família no Instagram!

FONTEIheartdogs

Deixe uma resposta