Cadela de abrigo, anteriormente vítima de maus tratos, leva seu adotante até criança nua e congelando de frio.

Mais perguntas do que respostas atualmente cercam a história de uma menina de 3 anos de idade, localizada bem a tempo por uma cadela de estimação, anteriormente vítima de maus tratos, mas atualmente amado, chamada Peanut.

- Anúncio -

A pequena Peanut está sendo, merecidamente, aclamada como heroína, por ter levado o dono até uma criança nua e sozinha, em uma vala do rio Rapid River, em Michigan, numa manhã em que as temperaturas estavam congelantes.

UPPER MICHIGAN’S SOURCE

De acordo com o Upper Michigan’s Source, a menina está a salvo e não sofre de ferimentos sérios ou de hipotermia. Seus pais foram localizados, e ela e outra criança foram levadas pelo pessoal dos serviços de proteção à criança. Uma investigação em larga escala está em andamento, e os oficiais esperam descobrir a verdade em seu devido tempo.

Não se sabe muito mais sobre os humanos envolvidos nessa história estranha, mas há muito mais para dizer sobre o ato heróico de Peanut. Antigamente, o nome dela era Coco. Ela foi admitida no abrigo Delta Animal Shelter, em Escanaba, MI, no dia 6 de abril de 2016. Com apenas 4 meses de idade, havia sofrido sofrido abusos inimagináveis nas mãos do antigo dono.

Delta Animal Shelter

A pequena, que tinha cruza com a raça hound, estava com as pernas frontal e traseira e várias costelas quebradas, e seu ventre estava cheio de fibras de tapete que ela havia ingerido devido à ansiedade de separação ou por estar sentindo muita fome. Com base em como os ossos dela foram curados, os veterinários concluíram que os ferimentos haviam ocorrido em momentos diferentes. Coco havia sofrido maus tratos contínuos e depravados. Seu torturador, eventualmente, foi preso, processado e condenado por seus crimes.

A equipe do abrigo deu à cachorrinha o nome de Petunia e começou a mimá-la, enquanto seus ferimentos físicos e psicológicos saravam. 3 meses mais tarde, ela estava bem o suficiente para ser adotada. Embora ela vá mancar para sempre e correr o risco de sofrer artrite, ela corajosamente colocou o passado para trás e foi recebida por uma família amorosa.

- Anúncio -
Delta Animal Shelter

Ela foi renomeada pela segunda vez, passando a ser chamada de Peanut. Pelos últimos 8 meses, Peanut continuou a crescer e sarar graças ao amor de seus novos pais. E então, chegamos à sexta-feira do dia 17 de março. Foi perto das 11 da manhã que Peanut começou a ficar agitada e exigindo que a deixassem sair.

A mãe dela compartilhou a incrível história de resgate com seus amigos do abrigo Delta Animal Shelter:

Querido pessoal do abrigo,

Preciso compartilhar uma história emocionante, para contar um pouco do quão maravilhosa nossa Peanut tem sido! Ela tem sido uma benção na nossa família e amamos tê-la por perto. Como vocês sabem, a história dela é partir o coração, mas estamos muito contentes por termos conseguido acolhê-la em nossa casa e dar a ela o amor e família que ela merece. Porém, acho que ela ainda tem um “sexto sentido” a respeito das experiências passadas que carrega consigo. 

Hoje, Peanut foi responsável por salvar a vida de uma garotinha de 3 anos. Perto das 11 da manhã de hoje, Peanut começou a ficar agitada em casa. Ela começou a correr para cima e para baixo, latindo e ganindo. Então, ela foi até meu marido, que estava na garagem, trabalhando em alguns projetos, e o alertou, demonstrando que queria sair. Ele disse que havia ouvido ela correndo no andar de cima, mas não entendeu o porquê. Ele a deixou sair e ela saiu em disparada em direção ao campo atrás da nossa casa. 

- Anúncio -

Meu marido a seguiu e, para sua surpresa, encontrou uma garota de 3 anos, nua e tremendo de frio, abraçada às próprias pernas. Ele a recolheu, enrolou em sua camiseta e trouxe para dentro. Depois ligou para o 911 e reportou o incidente. Na hora em que a ambulância e a polícia chegaram, a garotinha só conseguia dizer uma coisa – “cachorrinho”. Graças à Peanut, a vida da garotinha foi salva hoje.

Ela tem sido uma bênção para nós e, agora, para os outros. Palavras não conseguem expressar o quão gratos estamos por termos Peanut em nossas vidas e o quão maravilhosa ela é. Agora, ela parte da nossa família, e, graças às pessoas maravilhosas como vocês, do abrigo, está viva. Sem vocês, ela não apenas teria morrido, como também a vida da garotinha poderia ter sido ceifada.

Peanut foi de vítima de abuso a sobrevivente resiliente a heroína mundial! Ela já inspirou muita gente, e, conforme sua vitória continua se espalhando, ela continuará inspirando muitas outras. Não é incrível perceber o valor verdadeiro de cada vida?

FONTEIheartdogs
COMPARTILHAR

Deixe uma resposta